Dicas para escolher o espumante ideal

Por Marina Pastore
Blog Vestida de Branco

Ao organizar um casamento, passamos por experiências super enriquecedoras e que, muitas vezes, nunca imaginaríamos passar. Uma das mais deliciosas, com certeza, é escolher as bebidas do casamento. Há uma infinidade grande de champagnes, espumantes, vinhos e destilados para escolher, mas nem sempre sabemos qual é o melhor caminho ou quais bebidas irão agradar mais o paladar dos convidados. Para ajudar nesta tarefa, pegamos algumas dicas com François Hautekeur, wine communicator da Chandon, em uma entrevista exclusiva.

Tipos de espumante

Mas antes de irmos às dicas, vale sempre lembrar alguns tipos de espumante:

  1. Brut: é a versão menos doce, possui menos de 15 gramas de açúcar residual por litro.
  2. Demi-sec: é conhecido como meio doce ou meio-seco, possui uma média de 33 a 50 gramas de açúcar residual por litro.
  3. Moscatel: é o tipo mais doce de espumante, muito utilizado para acompanhar sobremesas, tem em média 80 gramas de açúcar por litro.

Dicas para escolher o espumante do casamento

Bom, depois destas informações mais técnicas, aqui vão algumas dicas de como escolher a bebida certa para o seu casamento:

  • Em primeiro lugar, é importante saber se o espumante será bebido durante o jantar ou em outros momentos. Se for para o jantar, Fraçois Hautekeur recomenda um espumante brut. “Ele é bem seco, bem delicado, e ao mesmo tempo refrescante, frutado, floral e muito aromático. É o mais fácil de beber durante a noite inteira”, explica. Outra opção para o jantar são os espumantes que podem ser servidos com cubos de gelo, como o Passion Ice. É ideal para um casamento no verão, perto da piscina ou na praia. “É uma bebida muito refrescante e aromática. Vai seduzir os paladares mais doces, pois é um demi-sec”, destaca.
  • O brut rosé é uma opção muito interessante e pode ser bastante versátil. “É possível beber algumas taças ‘sozinhas’ e depois continuar com petiscos ou com alguns pratos como peixes, carne branca, frutos do mar ou até mesmo uma carne vermelha como carpaccio. Sobremesas também oferecem boas combinações, como um doce com frutas vermelhas”, pontua.
  • Espumantes demi-sec, como o Riche Demi-Sec, são ideais para servir durante a sobremesa. “É possível até mesmo decantar este espumante para servir com a sobremesa – com este processo, ele perde um pouco de borbulhas, que pode diminuir a sensação ácida do espumante e ele vai parecer mais doce como uma sobremesa”, afirma.
  • O espumante demi-sec também pode ser combinado com pratos agridoces ou mais picantes, com especiarias ou até mesmo com queijo azul.

    *Essa é uma matéria produzida por Marina Pastore para o portal Enlace Wedding Group, do qual o Confraria das Noivas faz parte e reproduzi pela importância das informações.

 

Beijos azuis.